LOGO 1.png

 

 

 

    O Centro de Reabilitação Social de Vidas PROJETO MISSÃO SAMAMBAIA, teve início em 15 de março de 1997, em razão da história de seu fundador o Pastor Marcos César Santana Oliveira.

    Nascido na cidade de Aracaju/SE, aos 13 anos Marcos deu seu primeiro “trago” em cigarro e o primeiro gole de bebida alcoólica, dando início ao vício que acabou o levando a separação do corpo familiar, ao desemprego, a perda de recursos e de moradia. Por fim, dormindo em bancos de praças, de rodoviárias e outros abrigos em vias públicas e sem mais esperança, encontrou como fundamento para sua vida a Palavra de DEUS, sendo encaminhado para um seminário teológico, foi preparado ao Ministério Pastoral, onde em 1997 fundou a Igreja Cristã Missionária Primitiva, dando ínicio a uma nova jornada.

    No mesmo ano lhe foi oferecido um terreno, pelo contrato de compromisso de Comodato pelo prazo de 3 anos no bairro Samambaia em Praia grande/SP, onde foi construído um cômodo medindo 24m², dando inicio então ao Projeto Missão Samambaia com a visão de amparar e transformar a vida daqueles que sofrem o mesmo problema enfrentado por ele, já que o mesmo tinha muita experiencia de como vencer e alcançar a libertação. 

   Com o Projeto em andamento e com muitas vidas alcançadas, chegou o termino do contrato e tivemos que entregar o imovel, seguindo para a segunda tentativa em um terreno no Parque das Américas pelo período de 6 anos, no mesmo termo de contrato, onde abrigavamos pessoas de família com baixa renda, moradores de rua encaminhados por hospitais, Vereadores, ONGS, delegacias, fóruns, Igrejas e outras instituições de ação social. Enfim, depois de muitas frustrações, no ano de 2005, conquistamos o terreno próprio e com muita dificuldade por motivo da entidade ser de inteira responsabilidade social e sem nenhum fundo financeiro de sua administradora “Igreja Cristã Missionária Primitiva” e sem parceria alguma com empresas e órgãos Governamentais, começamos a construção de sua sede própria, o que de apenas um projeto, hoje é uma REALIZAÇÃO. Sua construção com arquitetura, engenharia e planejamento, é nada menos que 910m² construídos e 1600m² de área livre para novas instalações, capacidade futura para oitenta usuários de serviço, com trabalho reeducacional, integração social e ressocialização, totalmente documentada e regularizada perante órgãos públicos e governamentais.

  Mesmo ainda enfrentando grandes dificuldades financeiras para manter e ampliar o Projeto, já somos a verdadeira prova de que com perseverança, fé e trabalho podemos conquistar e realizar o IMPOSSÍVEL.